quinta-feira, 30 de maio de 2013

Formosa: Enfermagem entra em greve por tempo indeterminado

Os profissionais de enfermagem de Formosa do Rio Preto paralisaram as atividades e entraram em greve na terça-feira (28/mai). Enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares reivindicam melhores condições de trabalho, piso para técnicos e auxiliares de enfermagem de R$ 1.244,00 (atuais R$ 714,00) e R$ 3.300,00, além de revisão e atualização do Plano de Cargos e Salários.
De acordo com a presidente do sindicato dos servidores públicos de Formosa do Rio Preto (SERMUF), Alcimara Setubal, uma reunião foi realizada com a presença da secretária municipal de saúde. “A secretária nos disse não ter autonomia para atender nossos pleitos. Ficaremos paralisados até que sejamos recebidos pelo prefeito para abertura de negociações”, disse.


Como forma de protesto, os profissionais se reuniram no sábado (25/mai) (ver aqui) com camisetas pretas e faixas em frente ao Hospital do município, e a ideia dos grevistas é intensificar ainda mais o movimento. Ainda segundo Alcimara, 30% dos atendimentos estão sendo mantidos no hospital e nos postos de saúde.